bancada.pt

Vitória de Setúbal arranca época sem apresentar reforços

Sem saber ainda em que escalão de futebol vai competir, o Vitória de Setúbal iniciou hoje a preparação da época 2020/21, sem nenhum reforço num lote de 19 jogadores que marcaram presença no Estádio do Bonfim.

O primeiro dia ficou marcado pela realização do rastreio à covid-19 aos jogadores, staff e à equipa técnica liderada por Albert Meyong, treinador residente que orienta a equipa enquanto não é oficializado o novo ‘timoneiro’ dos sadinos.

A Makaridze, Lucas Paes, João Valido, Josué Duverger, Artur Jorge, João Meira, Sílvio, Semedo, André Sousa, Pedrosa, Nuno Valente, Mathiola, Tiago Castro, Zequinha e Hachadi, jogadores que integravam o plantel principal na época passada, juntaram-se João Tomaz, Amâncio, Kamo Kamo (dos sub-23) e Hugo Neves, jovens dos escalões de formação do clube.

A estes atletas vão juntar-se nos próximos dias os médios brasileiros Leandrinho e Leandro Vilela, que foram devidamente autorizados pelo clube a apresentarem-se mais tarde ao trabalho.

Numa altura de incerteza, em que o Vitória de Setúbal espera que o Tribunal Arbitral de Desporto (TAD) reverta a decisão tomada pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) de chumbar o seu licenciamento nas provas profissionais, relegando-o ao Campeonato de Portugal, a construção do plantel tem sido afetada, admitiu em conferência de imprensa o presidente Paulo Gomes.

“Não é fácil fazer uma época como esta. Temos muitas pessoas que estão apalavradas connosco e que contamos para fazerem parte dos quadros do Vitória na próxima época. Estamos a adiar um pouco para que a decisão seja tomada. São situações que envolvem verbas e não posso estar a prejudicar o clube. Temos conversações com o possível treinador do Vitória e com os jogadores que irão construir o plantel. Já falei com os jogadores todos, estão tranquilos e esperam também a decisão o mais rapidamente possível”, disse.

Enquanto o caso não conhece um desfecho, o presidente do Vitória de Setúbal explicou a forma como a equipa vai trabalhar nos próximos dias.

“Depois do rastreio de hoje à covid-19, amanhã [sexta-feira] serão realizados os exames médicos. O primeiro treino será na segunda-feira. Vamos arrancar com a nossa equipa técnica residente [Albert Meyong e Diego Silva]. Se tudo decorrer de forma normal, serão poucos treinos até à decisão final. Estes treinos não têm ainda a componente tática, porque estamos a arrancar a época”, explicou.

Plantel provisório do Vitória de Setúbal para 2020/21:

– Guarda-redes: Makaridze, Lucas Paes, João Valido, Josué Duverger.

– Defesas: Sílvio, Artur Jorge, João Meira e André Sousa.

– Médios: Semedo, Pedrosa, Leandrinho, Leandro Vilela, João Tomaz, Nuno Valente, Mathiola e Tiago Castro.

– Avançados: Zequinha, Hachadi, Hugo Neves, Amâncio e Kamo Kamo.

Treinador: Albert Meyong.

Saíram: Jubal, Mano, Nuno Pinto, Pirri (Kunshan FC, Chi), Montiel (Fiorentina, Ita), Éber Bessa, Carlinhos (Vasco da Gama, Bra), Alex Freitas, Berto (Kunshan FC, Chi), Mansilla (Racing Club, Arg) e Guedes.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top