Visão de Mercado

Surpresa no Dragão! FC Porto derrotado pelo Marítimo; Rodrigo Pinho bisou; Nanú marcou um golão; Azuis e brancos só incomodaram na recta final (Otávio fez o 2-3 aos 100 minutos); Amir defendeu penálti de Telles

FC Porto 2-3 Marítimo (Pepe 42′ e Otávio 90′ + 10; Rodrigo Pinho 24′ e 52′ e Nanu 90’+4)

O FC Porto tropeçou logo na 3.ª jornada ao ser derrotado em casa pelo Marítimo. Os azuis e brancos realizaram uma exibição pobre e nem o empate de Pepe em cima do intervalo alterou essa inércia. Para complicar Telles ainda falhou um penálti já perto dos 90′ que dava o 2-2, num jogo em que o campeão nacional só incomodou verdadeiramente na recta final da partida. Mérito do conjunto de Lito Vidigal, que se fechou com qualidade (consentiu poucas oportunidades, e quando as permitiu Amir disse presente) e foi implacável no ataque, com Rodrigo Pinho a bisar e Nanú a silenciar a partida com um golaço.

FC Porto – Derrota comprometedora, no Dragão e frente a uma equipa com a qual nunca tinha perdido em casa para o campeonato. E nem foi um resultado injusto, já que, à excepção da parte final, os azuis e brancos criaram poucas oportunidades e defensivamente passaram por dificuldades. Na baliza, Diogo Costa podia ter feito melhor no 1-0, mas deu segurança, principalmente nos cruzamentos, Mbemba foi o pior da linha defensiva, sendo batido no 1.º golo e perdendo vários duelos, enquanto o seu parceiro Pepe esteve intratável defensivamente e ainda marcou. Manafá evidenciou-se a grande nível no ataque (tem um lance genial na primeira parte), sendo o elemento mais desequilibrador da equipa (do outro lado Telles foi pouco influente e falhou um penalty que podia ter sido o mote para a reviravolta no marcador). No meio campo, Danilo esteve bem na construção, já Otávio (apesar do golaço a fechar) e Sérgio Oliveira falharam muitos passes. Luis Diaz esteve muito infeliz, somando várias más ações e foi o primeiro sacrificado quando a equipa estava em desvantagem, Corona também esteve desinspirado e Marega foi engolido pelos centrais, revelando ainda deficiências técnicas nas poucas vezes que conseguiu intervir.

Marítimo – Grande vitória dos insulares, principalmente pela forma como foi obtida. A equipa de Lito Vidigal fez uma grande partida, organizada defensivamente sem se coibir de sair para o ataque, e mesmo depois do 2-1, não caiu na tentação de ‘estacionar o autocarro’ e ganha aqui 3 pontos importantes. Amir não teve muito trabalho ao longo do jogo, mas efetuou várias defesas importantes na parte final e foi o herói ao defender um penalty aos 87’. Na defesa, Hermes sacou vários cruzamentos de qualidade, Cláudio Winck esteve bem no capítulo do passe (fez a assistência para o 1-0) e não comprometeu defensivamente, enquanto Zainadine e Lucas Áfrico secaram Marega. René tirou um golo em cima da linha, Nanu, apesar de não ter estado propriamente feliz, fechou o jogo com um golaço, enquanto Rodrigo Pinho foi o melhor dos insulares, fazendo uma grande primeira parte, acrescentando imenso à equipa com a sua qualidade de definição e ligar setores e foi decisivo ao marcar 2 golos.

XI do FC Porto: Diogo Costa, Manafá, Mbemba, Pepe, Alex Telles, Danilo, Sérgio Oliveira, Otávio, Tecatito, Marega e Luis Díaz
XI do Marítimo: Amir; Cláudio Winck, René, Lucas Áfrico, Zaidanine e Hermes; Jean Irmer e Getterson; Nanú, Rodrigo Pinho e Correa.

O post Surpresa no Dragão! FC Porto derrotado pelo Marítimo; Rodrigo Pinho bisou; Nanú marcou um golão; Azuis e brancos só incomodaram na recta final (Otávio fez o 2-3 aos 100 minutos); Amir defendeu penálti de Telles aparece primeiro no Visão de Mercado.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top