bolanarede.pt

SL Benfica 4-0 SF Damaiense: Primeira parte eficaz para mais uma vitória encarnada

A CRÓNICA: SÓ UMA EQUIPA CONTINUA INVICTA 

Confronto entre duas equipas que na Série Sul só sabiam o que era vencer e, por isso, perspetivava-se um bom jogo. O SF Damaiense surpreendeu ao apresentar-se com uma linha de cinco defesas – talvez, na tentativa de tratava o ímpeto ofensivo do SL Benfica –, mas foi, ao minuto oito houve golo das encarnadas. Darlene mesmo quase sem ângulo conseguiu fazer o 1-0.

Quando o jogo estava a entrar numa fase bastante equilibrada, o SL Benfica – contra a corrente do jogo – acabou por marcar golo. Aos 31 minutos, Cloé Lacasse apareceu na direita cruzou e Carolina Correia marcou autogolo. Foi só preciso esperar mais sete minutos, para mais um golo das encarnadas (3-0) por Cloé Lacasse, que respondeu bem ao cruzamento de Catarina Amado.

Num jogo com mais caudal ofensivo das encarnadas, mas as jogadoras do SF Damaiense (com a estratégia montada) estavam a conseguir equilibrar de forma correta o jogo. Ainda assim, o resultado ao intervalo estava em 3-0.

A segunda parte as duas equipas entraram muito adormecidas e não houve muito para contar sem ser novo golo da Cloé Lacasse. Depois de uma bola parada, houve muita confusão na área do SF Damaiense e não houve ninguém que conseguisse afastar a bola. Como “rato de área”, como se diz na gíria, foi a canadiana a fazer o 4-0, aos 69 minutos.

O jogo caminhou lentamente para o final e o resultado não teimou em sair dos 4-0 a favor das encarnadas. O SF Damaiense mostrou qualidade defensiva frente a uma equipa claramente superior e que justificou a sua vitória na primeira parte.

O SL Benfica continua assim invicto com nove pontos e, agora, muda o seu foco para o encontro contra o FC Famalicão para a Taça de Portugal. Já o SF Damaiense mostrou, em plena Tapadinha, que existe qualidade no seu plantel e que tinha um plano bem definido para travar o poderio encarnado. É preciso não esquecer a equipa da Amadora e temos aqui candidato às quatro primeiras.

 

A FIGURA

Catarina Amado – Começou a lateral direito e ainda acabou o jogo umas posições mais à frente. No entanto, aquilo que se tem de destacar é o facto de ter feito uma partida muito consistente e também relembrar a bela assistência que faz para Cloé Lacasse marcar o terceiro da partida. Raramente, passava alguma coisa pelo seu lado e esteve bem em todos os momentos, sejam eles ofensivos ou defensivos.

O FORA DE JOGO

🔥 ÚLTIMA HORA 🔥

É com muito orgulho que informamos que a atleta Carolina Santana, é reforço do SF Damaiense para a…

Publicado por Sport Futebol Damaiense em Sexta-feira, 18 de setembro de 2020

 

Carolina Santana – Jogo muito complicado para as jogadoras da frente do SF Damaiense e a jogadora estava completamente sozinha em todas as tarefas ofensivas. As poucas incursões atacantes da equipa amadorense e as poucas oportunidades criadas foram fundamental para não vermos esta jovem jogadora a mostrar o potencial que realmente tem. Porém, a qualidade existe e mostrará, certamente, nos jogos que ainda há neste campeonato.

 

ANÁLISE TÁTICA – SL BENFICA

As encarnadas estavam numa constante troca entre um 4-4-2 e um 4-3-3 com Nycole e Darlene a jogarem mais à frente – por vezes, com Cloé Lacasse a ocupar o lado esquerdo do ataque. Christy Ucheibe, a novidade da partida, a ser a média mais recuada e a dar mais consistência defensiva do que Pauleta, que foi opção no jogo transato. Dar conta ainda da entrada de Jassie Vasconcelos para a saída da Ana Seiça, que ficou de fora por lesão.

11 INICIAL E PONTUAÇÕES

Dani Neuhaus (5)

Catarina Amado (8)

Sílvia Rebelo (5)

Carole Costa (6)

Jassie Vasconcelos (6)

Christy Ucheibe (8)

Ana Vitória (6)

Andreia Faria (5)

Cloé Lacasse (7)

Darlene (5)

Nycole (6)

SUBS UTILIZADOS

Joline (5)

Beatriz Cameirão (5)

Matilde Fidalgo (5)

Carlota Cristo (-)

Beatriz Nogueira (-)

 

ANÁLISE TÁTICA – SF DAMAIENSE

A equipa da Amadora apresentou-se num 5-4-1 numa clara intenção de conseguir travar o poderio ofensivo das encarnadas e manter uma coesão defensiva para conseguir que não fosse possível tantas bolas em profundidade. Apesar de ter corrido bem, as bolas em profundidade e nas costas da defensiva amadorense eram frequentes. Durante o decorrer do jogo, houve trocas de lados entre Lara Pintassilgo e Mafalda Barbóz e ainda na frente houve a troca entre Carolina Santana e a própria Lara.

11 INICIAL E PONTUAÇÕES

Adriana Rocha (7)

Nicole Araújo (5)

Filipa Assucena (6)

Carolina Correia (6)

Inês Matos (5)

Madalena Ferreira (5)

Patrícia Barreiros (5)

Daniela Santos (5)

Mafalda Barbóz (5)

Lara Pintassilgo (4)

Carolina Santana (4)

SUBS UTILIZADOS

Mariana Jaleca (6)

Madalina Tatar (5)

Matilde (-)

Carolina Peixoto (-)

 

BnR NA CONFERÊNCIA DE IMPRENSA

SL Benfica

BnR: Foi uma surpresa encontrar um SF Damaiense com cinco defesas e com uma linha muito baixa? Aproveitar para questionar sobre o que achou da consistência defensiva e do controlo do meio campo com Christy Ucheibe?

Luís Andrade: Em relação à primeira pergunta, nós estudamos o nosso adversário e já estávamos preparados para ter o SF Damaiense com uma defesa a cinco. Trabalhámos durante a semana com esse objetivo e sabendo das dificuldades que as atletas nos podiam colocar. Muitas atletas do SF Damaiense saíram do SL Benfica e são muitos experientes e têm uma grande qualidade técnica, quer coletiva quer individual. Portanto, sabíamos que íamos ter algumas dificuldade. No entanto, trabalhámos com um objetivo bem definido que era chegar e conseguir os três pontos. Nesta primeira fase, não estamos preocupados com os golos, mas sim em somar vitórias. Na segunda parte, também reduzimos o nosso esforço, porque temos jogos quarta-feira com o FC Famalicão e quisemos gerir o jogo.

Em relação à Christy, é mais uma jogadora que vem acrescentar qualidade ao nosso plantel e é mais uma atleta que pode ajudar no meio campo. É uma jogadora polivalente e que pode jogar em qualquer lado. Podemos contar com ela em qualquer setor.

SF Damaiense

BnR: Apresentou-se aqui com uma formação de cinco defesas (com três centrais). Foi algo trabalhado em específico para este jogo, porque era necessário conseguir controlar o ímpeto ofensivo do SL Benfica? 

João Videira: As cinco defesas, ou as três centrais, é hábito, pois há três jornadas já jogamos assim. O que acontece é que há certo momentos do jogo ou certas adversárias que nos obrigam a fechar mais e as linhas podem jogar mais juntas, ou não. Como é óbvio, gostamos de pressionar algo, mas, por exemplo, neste jogo devido à maneira como o SL Benfica estava a jogar não estávamos a conseguir fazê-lo. É um bocado por aí, porque isto também é um jogo de estratégia, um jogo do “gato e do rato”. Ou seja, consoante o que adversário nos deixa fazer, nós aproveitamos.

A única coisa que coisa que, talvez, trabalhámos e não costumamos fazer foram as bolas paradas defensivas, porque com os clubes grandes costumamos ter mais momentos destes nos jogos. Também tivemos alguma dificuldade na definição do último passe. É um jogo de grau de dificuldade elevada e tendo em conta o jogo que foi as miúdas estão de parabéns. Temos de olhar para a frente e é jogo a jogo.

O conteúdo SL Benfica 4-0 SF Damaiense: Primeira parte eficaz para mais uma vitória encarnada aparece primeiro em Bola na Rede.

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top