bancada.pt

“Seguimos Acuña, mas não é uma operação iminente”, diz Monchi

Monchi, diretor desportivo do Sevilha, garantiu que o clube está atento à situação de Marcos Acuña, jogador que tem contrato com o Sporting até 2023.

O internacional argentino foi afastado do grupo de trabalho às ordens do treinador Rúben Amorim, numa medida não explicada pelos leões e que tem alimentado as notícias de uma eventual saída de Alvalade.

Nesse sentido, o Sevilha tem sido apontado como um dos destinos possíveis. 

Monchi confirmou que o clube espanhol gostaria de contar com Acuña, ressalvando que o esquerdino não é “um caso prioritário”.

“Queremos reforçar a posição de lateral esquerdo. Não é uma operação iminente, nem se trata da única opção para o lugar”, afirmou o dirigente.

O Sevilha está “a avaliar” as várias hipóteses e Acuña é um dos “vários nomes em cima da mesa”, mesmo sendo um jogador que o clube espanhol “segue há muito”.

“A planificação está a correr bem, não vamos precipitar-nos”, concluiu Monchi.

 O Sevilha procura um lateral esquerdo face à saída de Reguilón, que estava emprestado pelo Real Madrid.

De acordo com a imprensa espanhola, o clube andaluz terá mesmo avançado com uma proposta a rondar os dez milhões de euros, valor abaixo dos 15 milhões pretendidos por Frederico Varandas, presidente do Sporting.

Marcos Acuña chegou ao Sporting em 2016/17, somando 135 golos pelos leões.

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top