bancada.pt

Santa Clara passa noite na liderança

O FC Porto sofreu a primeira derrota na I Liga, ao cair em casa perante o Marítimo (3-2), resultado que deixa o Benfica, principal rival na luta pelo título, com a possibilidade de ‘fugir’ na classificação.

Na terceira jornada, os campeões nacionais foram surpreendidos pela formação madeirense, situação que deixa o Santa Clara como líder provisório do campeonato, apesar do nulo caseiro com o Gil Vicente, no primeiro jogo da época e desde março que teve direito a público nas bancadas, em plena pandemia da covid-19.

No Estádio do Dragão, o brasileiro Rodrigo Pinho, que bisou aos 24 e 52 minutos, para o Marítimo, e o guarda-redes iraniano Amir, que defendeu uma grande penalidade de Alex Telles na segunda parte e juntou mais uma mão cheia de boas defesas, foram as figuras da partida, perante um FC Porto que já não perdia há 10 jogos em casa para o campeonato, desde 17 de janeiro, quando foi derrotado pelo Sporting de Braga (2-1).

Além de Pinho, o guineense Nanú, aos 90+4 minutos, confirmou a vitória da equipa de Lito Vidigal, a primeira do Marítimo no terreno dos ‘dragões’ em 41 jogos para o campeonato, enquanto Pepe, aos 42, e o brasileiro Otávio, aos 90+9, assinaram os tentos dos ‘dragões’.

Na luta pelo título, este inesperado desaire da formação de Sérgio Conceição deixa o Benfica com a possibilidade de ficar em vantagem pontual, caso os ‘encarnados’ vençam este domingo o recém-promovido Farense, no Estádio da Luz, em Lisboa.

Em Ponta Delgada, com 878 adeptos nas bancadas, o Santa Clara ficou a zero perante o Gil Vicente, mesmo assim um resultado que permite ficar na liderança da I Liga pelo menos durante 24 horas, com sete pontos.

Este jogo serviu como primeiro teste para o regresso dos espetadores aos recintos desportivos, com 10% da capacidade do estádio a ser autorizado pelas autoridades.

No último jogo de ontem, o SC Braga conquistou a primeira vitória na edição 2020/21 da I Liga, ao golear por 4-0 em Tondela, com dois golos do brasileiro Galeno.

O defesa central brasileiro Bruno Viana deu vantagem aos bracarenses, aos 22 minutos, numa goleada construída totalmente na primeira parte, com o contributo do também ‘canarinho’ Galeno, aos 26 e 43, e de Ricardo Horta, aos 29.

O Tondela ainda desperdiçou uma grande penalidade, aos 90+4, por Salvador Agra, e continua sem vencer na prova, somando apenas um ponto.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top