bancada.pt

Santa Clara muda de treinador mas mantém plantel para se consolidar

O Santa Clara manteve a maioria do plantel na época 2020/21, mas aposta num novo treinador, Daniel Ramos, para almejar lugares confortáveis na classificação e consolidar a presença na I Liga.

Depois de duas épocas sob a liderança técnica de João Henriques, que alcançou na época passada a melhor classificação de sempre da equipa na I Liga (nono lugar), o Santa Clara promoveu o regresso do treinador Daniel Ramos.

O técnico de 49 anos regressou aos Açores, onde esteve na temporada 2016/2017, depois de na última temporada ter orientado o Boavista.

Como objetivos para a época, Daniel Ramos já disse querer ajudar a equipa insular a “consolidar-se” no principal escalão, procurando que a equipa permaneça em “posições confortáveis” ao longo do campeonato e escapar aos últimos lugares da tabela classificativa.

Para tal, o Santa Clara não promoveu grandes mudanças no plantel, que, da temporada passada, viu sair Mamadu, Zé Manuel, César, Francisco Ramos e Zaidu.

O lateral esquerdo Zaidu foi a transferência mais lucrativa da história do clube, saindo por quatro milhões de euros para o FC Porto.

Zaidu foi o único jogador do ‘onze’ base da temporada 2019/20 que acabou por abandonar a ilha de São Miguel, apesar de Fábio Cardoso, Lincoln e Carlos Júnior terem sido cobiçados ao longo do ‘mercado’ de verão.

A contratação mais sonante dos açorianos para a próxima época foi o central Villanueva, internacional venezuelano de 27 anos, proveniente do Málaga, do segundo escalão espanhol.

Além do defesa venezuelano, o Santa Clara já contratou Júlio Romão (ao Atlético Paranaense), Gustavo Viera (aos Liverpool de Montevideo), André Mesquita (ao Marítimo B), Jean Patric (Académico de Viseu) e Mansur (ex-Atlético Mineiro).

De 27 de agosto a 06 de setembro, o Santa Clara realizou um estágio no norte do país, disputando cinco jogos, com vitórias diante de Penafiel (4-0), Nacional (2-1) e Moreirense (2-0) e derrotas frente a Vizela (3-1) e SC Braga (3-1).

A equipa açoriana vai ter um orçamento de cerca de 3,5 milhões euros para a temporada 2020/21, um dos “orçamentos mais baixos” da I Liga, segundo o presidente do clube.

Os açorianos irão participar pela terceira vez consecutiva na I Liga na próxima temporada, um feito inédito na história do clube que celebra o seu centenário em 2021.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top