bancada.pt

Reviravolta em três minutos permite triunfo do Famalicão contra Belenenses SAD

Uma reviravolta operada em três minutos permitiu ao Famalicão vencer o Belenenses SAD por 2-1 e conquistar os primeiros pontos na edição 2020/21 da I Liga portuguesa de futebol, em jogo da segunda jornada.

Depois de o colombiano Cassierra colocar o Belenenses SAD em vantagem no marcador, aos 42 minutos, uma entrada em falso dos ‘azuis’ no segundo tempo, aliada à entrada mais determinada dos famalicenses, culminou nos golos do brasileiro Riccieli, aos 52, e do argentino Valenzuela, aos 55.

Na primeira jornada, o Belenenses SAD tinha vencido 1-0 no terreno do Vitória de Guimarães e o Famalicão tinha perdido 5-1 com o Benfica, o que coloca as duas formações empatadas no lote dos quintos classificados, com três pontos somados.

A equipa de Petit, que apenas alterou Bruno Ramires por Cauê no ‘miolo’, sabia o que tinha de fazer no primeiro tempo, no qual conseguiu com mérito condicionar a construção de jogo famalicense e, a espaços, conseguiu incomodar a baliza de Zlobin, com as tentativas de Rúben Lima (sete minutos), Miguel Cardoso (12) e Cafú Phete (39).

Apesar das investidas do Belenenses SAD, estas revelaram-se inconsequentes até aos 42 minutos, quando Cassierra se antecipou ao primeiro poste a Riccieli e respondeu com um cabeceamento letal ao cruzamento de Miguel Cardoso, combatendo alguma da inércia verificada nos primeiros 45 minutos e levando os ‘azuis’ em vantagem para o descanso.

O que o Belenenses SAD fez bem no primeiro período parece que esqueceu no regresso dos balneários, oferecendo espaços aos famalicenses que anteriormente não tinham sido concedidos, o que se tornou fatal para os lisboetas, que viram os comandados de João Pedro Sousa operar a reviravolta no espaço de três minutos.

Primeiro, foi Riccieli, aos 52, na sequência de um canto, a resgatar uma bola vinda do avançado Rúben del Campo (a substituir Toni Martínez, que nem constou da ficha de jogo, quando se fala de uma possível transferência para o FC Porto) e a ‘disparar’ junto à pequena área para o empate.

Depois de o videoárbitro confirmar o tento da igualdade, um erro crasso da defesa ‘azul’ permitiu o segundo dos nortenhos, aos 55, com Cafú Phete a deixar a bola e Valenzuela escaparem. O argentino, completamente sozinho, levou a melhor sobre André Moreira.

A apatia dos primeiros minutos da segunda parte obrigou Petit a abdicar do sistema de três centrais para almejar a aproximação à baliza de Zlobin com mais homens em zonas avançadas do terreno, mas o melhor que conseguiu foi um remate do ‘capitão’ Silvestre Varela, aos 75, que dominou, ajeitou e rematou, mas para boa defesa do guarda-redes russo.

Ameaças de Afonso Sousa (78), à figura de Zlobin, e de Miguel Cardoso (80), por cima, foram as últimas investidas do Belenenses SAD, que não mais conseguiu aproximar-se com perigo da área adversária nos instantes finais da partida.

Jogo realizado no Estádio Nacional, em Oeiras.

Belenenses SAD – Famalicão, 1-2.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Cassierra, 42 minutos.

1-1, Riccieli, 52.

1-2, Valenzuela, 55.

Equipas:

Belenenses SAD: André Moreira, Tiago Esgaio (Edi Semedo 86), Cafú Phete (Afonso Sousa, 63), Henrique, Tomás Ribeiro, Rúben Lima, Bruno Ramires (Robinho, 75), Afonso Taira (Cauê, 86), Miguel Cardoso, Silvestre Varela (Francisco Teixeira, 75) e Cassierra.

(Suplentes: Guilherme Oliveira, Diogo Calila, Danny Henriques, Samir Banjai, Cauê, Afonso Sousa, Francisco Teixeira, Robinho e Edi Semedo).

Treinador: Petit.

Famalicão: Zlobin, Patrick William, Riccieli, Babic, Calvin (Henrique Trevisan, 85), Gustavo Assunção, Guga (Joaquín Pereira, 72), Bruno Jordão (Lukovic, 85), Rúben Lameiras, Valenzuela (Walterson, 72) e Rúben del Campo (Leonardo Campaña, 58).

(Suplentes: Luiz Júnior, Henrique Trevisan, Ofori, Joaquín Pereyra, João Neto, Lukovic, Walterson, Jhonata Robert e Leonardo Campaña).

Treinador: João Pedro Sousa.

Árbitro: Hélder Malheiro (AF Lisboa).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Gustavo Assunção (15), Cafú Phete (25), Tiago Esgaio (36), Silvestre Varela (62), Patrick William (90+1), Leonardo Campaña (90+3), Walterson (90+4) e Joaquín Pereira (90+5).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top