bancada.pt

Rayo Vallecano diz que ERTE permitiu “salvaguardar viabilidade” do clube

O Rayo Vallecano recorreu ao Expediente de Regulamentação Temporária de Emprego (ERTE) para “salvaguardar a viabilidade presente e futura” do clube, disse hoje o emblema da segunda divisão do futebol espanhol em comunicado.

Face à recusa dos jogadores de se apresentarem, hoje, no primeiro treino em grupos de 10 atletas, após uma semana de trabalhos individuais, o clube esclareceu que “em nenhum momento vulnerabilizou qualquer direito de algum futebolista, como falsamente afirma a Associação de Futebolistas Espanhóis (AFE)”.

“Todos os jogadores do plantel principal estão, desde 14 de março, num ERTE de redução de jornada e não de suspensão do emprego”, recorda o clube, indicando que, no plano de treinos elaborado pela equipa técnica, as horas laborais não excedem o tempo de trabalho estipulado no ‘lay-off’ parcial.

A ação daquele plantel, no qual se inclui o português Bebé, recebeu o apoio da AFE, numa medida com vista a protestar a escolha do ERTE como medida para contrariar os efeitos da pandemia de covid-19.

A AFE promete apoiar “quaisquer decisões semelhantes” de plantéis que queiram protestar a “vulnerabilização de postos de trabalho”.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top