bancada.pt

Portugal e França continuam ‘taco a taco’ e vão decidir passagem

Portugal e França mantêm-se ‘colados’ na luta pelo apuramento para as meias-finais da Liga das Nações de futebol, depois de terem vencido hoje os respetivos jogos e deixado Suécia e Croácia fora das ‘contas’ do grupo 3.

Em Alvalade, a seleção nacional – sem o capitão Cristiano Ronaldo, infetado com covid-19 – bateu os suecos por 3-0, com um ‘bis’ de Diogo Jota e um golo de Bernardo Silva, e somou o terceiro triunfo em quatro jogos, depois do empate 0-0 em Paris, diante dos franceses.

A formação comandada por Fernando Santos lidera o grupo 3 da Liga das Nações A, com 10 pontos, os mesmos da França, que superou a Croácia por 2-1. Antoine Griezmann adiantou os gauleses, aos oito minutos, Nikola Vlasic empatou para os croatas, aos 64, mas Kylian Mbappé garantiu o triunfo dos campeões do mundo, aos 79.

Com estes resultados, Portugal e França vão decidir o primeiro lugar do grupo, o único que dá acesso às meias-finais, enquanto Croácia, com três pontos, e Suécia, ainda sem pontuar, já não têm qualquer possibilidade de lutar pelo apuramento, quando faltam dois jogos para o final da fase de grupos.

A Bélgica assumiu a liderança do grupo 2, com nove pontos, ao vencer por 2-1 na Islândia, graças a um ‘bis’ de Romelu Lukaku, aos nove e 38 minutos, sendo que, pelo meio, Birkir Saevarsson empatou para os islandeses, aos 17.

Atrás da Bélgica seguem Dinamarca e Inglaterra, ambas com sete pontos, depois de os nórdicos terem alcançado um triunfo em Londres, por 1-0, com uma grande penalidade convertida por Christian Eriksen, aos 35 minutos, no jogo em que o médio do Inter de Milão cumpriu a 100.ª internacionalização pela seleção dinamarquesa.

No grupo 1, Polónia (sete pontos), Itália (seis) e Países Baixos (cinco) lutam por uma vaga nas ‘meias’, enquanto a Bósnia-Herzegovina (dois) viu a tarefa complicar-se, ao perder por 3-0 na visita aos polacos, com dois golos de Robert Lewandoeski e um de Karol Linetty.

Em Bérgamo, a Itália adiantou-se por intermédio de Lorenzo Pellegrini, aos 16 minutos, antes de Donny van de Beek selar o empate 1-1 para os holandeses, que continuam sem vencer sob o comando do novo selecionador Frank de Boer.

Na Liga das Nações B, Áustria e Noruega venceram Roménia e Irlanda do Norte, respetivamente, e são as principais candidatas a assegurar o primeiro posto do grupo 1, o mesmo sucedendo com a Escócia no grupo 2. Os escoceses bateram a República Checa por 1-0 e podem ‘carimbar’ a subida à Liga das Nações A na próxima ronda, caso vençam na Eslováquia.

No grupo 3, Rússia e Hungria anularam-se (0-0) em Moscovo e estão separadas por um ponto, com vantagem para os russos, que somam sete. Turquia e Sérvia também empataram (2-2) e têm três e dois pontos, respetivamente.

País de Gales, com 10 pontos, e Finlândia, com nove, vão lutar pelo primeiro lugar do grupo 4, enquanto Irlanda, com dois, e Bulgária, com um, já não podem almejar a liderança. Os galeses bateram os búlgaros por 1-0, o mesmo resultado conseguido pelos finlandeses diante dos irlandeses.

O resultado mais dilatado dos jogos de hoje ocorreu na Liga das Nações C, com a Eslovénia a vencer por 4-0 na Moldávia, sob arbitragem do português João Pinheiro, e a manter a liderança do grupo 3, no qual Grécia e Kosovo empataram 0-0.

No grupo 2, foi dia de empates, já que os encontros Macedónia do Norte-Geórgia e Estónia-Arménia, este último dirigido pelo português Luís Godinho, terminaram ambos 1-1, ao passo que no grupo 4, a Bielorrússia bateu o Cazaquistão por 2-0 e a Lituânia cedeu um nulo (0-0) na receção à Albânia.

As duas últimas jornadas da fase de grupos da Liga das Nações realizam-se entre 14 e 18 de novembro.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top