bancada.pt

“Por mais que tentemos, não vamos conseguir perceber o que se passou”, diz Gama

Augusto Gama, treinador adjunto do Rio Ave, assumiu a frustração com um resultado que “fez sofrer muito” a equipa, derrotada nos penáltis pelo AC Milan.

“É futebol e há que olhar em frente. Por mais que tentemos perceber o que é que se passou, não vamos conseguir perceber. Resta-nos seguir em frente e no domingo temos outro jogo para a I Liga”, desabafou, nas declarações após a partida.

“Quem não conhecer esta equipa é que irá ficar surpreendido com a nossa exibição”, continuou: “Respeitamos todos os adversários, mas não temos medo de jogar contra ninguém. Defrontámos um clube do ‘top’ europeu e mostrámos que podemos lutar igual para igual com qualquer equipa. Foi pena não termos vencido esta eliminatória. Era merecido”.

De acordo com Gama, o fim do sonho europeu “não vai afetar dada daqui em diante”.

“Não conseguimos o sonho de chegar à fase de grupos da Liga Europa, mas nada apaga o trajeto que fizemos até aqui. Seguiremos em frente numa outra competição, em que vamos procurar estar ao nível dos últimos anos. Amanhã [sexta-feira] temos treino e há que pensar no próximo jogo”, sustentou.

“Nos jogos anteriores preparámos os jogadores da melhor maneira possível nos planos físico e mental. Estes jogos têm uma dinâmica especial e acarretam uma carga emocional muito grande. É dessa maneira que vamos trabalhar nos próximos dias”, acrescentou ainda o adjunto.

Sobre os penáltis falhados, lembrou que “é futebol”.

“O desempate por penáltis não é bem uma lotaria, mas prende-se com a competência do momento, a frieza e a carga emocional do atleta. Só quem está lá dentro do campo é que se sujeita a que isso possa acontecer”, concluiu.

Já Stefano Pioli, treinador do AC Milan, elogiou o desempenho da formação vilacondense e mostrou-se satisfeito com a passagem à fase de grupos da Liga Europa.

“Estava à espera destas dificuldades pelos jogos que vi do Rio Ave, especialmente o desempenho com o Besiktas. Tivemos sempre o controlo do jogo até ao 1-1. Na segunda parte, perdemos alguma lucidez, mas conseguimos jogar sempre ‘taco a taco’ com o Rio Ave até ao final dos 120 minutos. Obviamente é difícil gerir emoções tão grandes, mas os penáltis são sempre uma lotaria e o resultado pode cair para qualquer lado. Desde que aqui chegámos, o AC Milan teve sempre o pensamento claro de conquistar o primeiro objetivo da época”, concluiu.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top