bancada.pt

“Os chineses olham para os europeus com desconfiança e medo”, assume João Silva

O avançado do Nantong Zhiyun, João Silva, está há duas semanas em quarentena na China, devido ao surto da Covid-19 no país, mas também no mundo.

Em entrevista ao jornal A Bola, o antigo avançado do Feirense fez uma análise ao que se têm passado nas últimas semanas e assume que os chineses olham para os europeus com desconfiança.

“A Europa passa por momentos difíceis e as coisas inverteram-se: agora são os chineses que olham para os europeus com desconfiança e medo. Sempre que chega um voo internacional há um controlo muitíssimo apertado, ao ponto de manterem as pessoas durante horas no avião para não aglomerar muita gente nos aeroportos”, afirmou João Silva.

O cuidado com a evolução do novo coronavírus sempre preocupou o jogador de 29 anos, destacando que sempre “fintou” o vírus durante as últimas duas semanas.

“Quando se falou do coronavírus, eu fui para Portugal; e quando começou em Portugal, regressei à China, onde as coisas já estavam a acalmar. Eu vi o vírus sempre à distância e não o tenho vivenciado à flor da pele”, garantiu.

Numa altura em que manter os índices físicos é fundamental, João Silva explica quais as rotinas que tem tomado, juntamente com a equipa técnica do Nantong Zhiyun, e como o mesmo ajuda a passar o tempo.

“Faço diariamente videoconferências com o preparador físico. O meu quarto é relativamente espaçoso, o que também ajuda a conseguir movimentar-me. Eles disponibilizaram bola e elásticos para fazer uns exercícios básicos. Acho que o segredo da quarentena é mesmo passar uma rotina para passar o tempo mais rápido”, completou.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top