Visão de Mercado

Nulo no duelo ibérico; Ronaldo e Renato acertaram na barra mas selecção, que nos primeiros 40′ nem passou do meio campo, revelou muitas dificuldades frente à “equipa B da Espanha”; R. Semedo teve uma má estreia; Moutinho deu sequência à má fase; Patrício evitou a derrota

O conjunto de Fernando Santos até podia ter sorrido no fim – teve duas bolas na barra e duas boas oportunidades -, mas foi curto, principalmente considerando que a Espanha utilizou a equipa B (nenhum jogador do 11, nem Busquets que agora perdeu o lugar para Rodri, é habitual titular). A equipa das Quinas teve apenas 36% de posse de bola, na 1.ª parte chegou a ser aflitivo a maneira como não conseguia passar do meio campo, e ofensivamente praticamente só se viu no erro. Ronaldo esteve nos 2 lances nos ferros, mas na 1.ª parte também não conseguiu mudar o rumo do jogo (muito escondido), Patrício evitou a derrota com várias boas defesas, enquanto as entradas de William e Bernardo permitiram equilibrar um pouco o encontro. Já Rúben Semedo teve uma estreia infeliz, falhando demasiados abordagens, principalmente na 1.ª parte (talvez pelo nervosismo), Trincão também nunca se conseguiu soltar, enquanto a dupla Moutinho-Neves foi ‘um passador’ para a La Roja, o veterano, que vem de uma má fase dos Wolves, esteve particularmente mal. No conjunto de Luis Enrique, destaque para mais uma grande exibição de Reguilon. Rodrigo foi o mais perigoso, enquanto Olmo e Gerard Moreno tiveram algumas acções de qualidade. 

Portugal 0-0 Espanha

A selecção nacional não foi além do nulo no amigável frente à Espanha. Portugal teve muitas dificuldades no 1.º tempo, melhorou um pouco na 2.ª parte, mas o 0-0 persistiu. Quanto ao jogo, nos primeiros 40′ só deu La Roja, que se instalou no meio campo português e criou vários lances de perigo. A equipa das Quinas, que quase não passou do meio campo nessa fase, só incomodou aos 42′ numa má finalização de Guerreiro. No arranque da 2.ª parte Ronaldo atirou um tiraço à barra, e pouco depois fez uma grande assistência para Renato Sanches, que também acertou no ferro. Do outro lado foi Olmo a estar perto de marcar, no entanto Patrício evitou o golo. Até final Trincão, que não conseguiu superar Kepa, e Félix, já nos descontos, podiam ter dado a vitória a Portugal, mas pecaram na finalização e ninguém se ficou a rir no duelo ibérico.

XI Portugal: Rui Patrício; João Cancelo, Pepe, Rúben Semedo, Guerreiro; Rúben Neves, João Moutinho, Renato Sanches; Trincão, Cristiano Ronaldo, André Silva

XI Espanha: Kepa; Sergi Roberto, Eric Garcia, Llorente, Reguilón; Busquets, Ceballos, Canales; Rodrigo, Olmo, Gerard Moreno.

O post Nulo no duelo ibérico; Ronaldo e Renato acertaram na barra mas selecção, que nos primeiros 40′ nem passou do meio campo, revelou muitas dificuldades frente à “equipa B da Espanha”; R. Semedo teve uma má estreia; Moutinho deu sequência à má fase; Patrício evitou a derrota aparece primeiro no Visão de Mercado.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top