bancada.pt

“Não há mas nem meio mas. O FC Porto vai à Champions e o Benfica ao play-off”

A Liga portuguesa está parada, à imagem da quase generalidade das provas na Europa, e os jogadores vão treinando, dentro do possível, em casa. À margem disso, vai-se pensando num regresso da competição, seja lá quando for, ou já num eventual cenário das provas não serem finalizadas nesta época face ao Covid-19. Em Portugal, o FC Porto comanda a classificação, seguido pelo Benfica, que era líder no final da primeira volta.

Rodolfo Reis, comentador portista no programa ‘Play-off’, da ‘SIC Notícias’, não admite um cenário em que as águias sejam consideradas campeãs ou que exista um play-off para determinar o campeão.

“Era revoltante, agoniante e uma vergonha total, porque, se o campeonato terminasse agora, quem vai à frente é o FC Porto”, lembra o antigo capitão dos azuis e brancos.

O antigo capitão do FC Porto, que tem os seus jogadores a trabalhar em casa, explica ainda que na eventualidade das competições não terminarem crê que o FC Porto é que deve ser apurado para a Liga dos Campeões.

“Não há mas, nem meio mas. O FC Porto vai à frente e vai à Champions e o Benfica ao play-off. Ponto final parágrafo. Sem um campeão, quem está à frente deve ir à Champions”, realçou.

No programa da ‘SIC Notícias’, Rodolfo Reis lembra que não é possível antecipar cenários do que podia ou pode acontecer na classificação do campeonato, nomeadamente se o FC Porto conseguia manter-se na frente ou se, por outro lado, a equipa da Luz recuperaria o primeiro lugar.

“Não sei. O Benfica tem capacidade para recuperar? Até tem. Quem ia ser campeão? Tínhamos de ver”, afirmou o antigo jogador do FC Porto, pedindo que o Euro2020 seja adiado por forma a dar prioridade aos campeonatos domésticos.

“O Europeu tem de ser adiado”, salientou Rodolfo Reis.

O novo coronavírus responsável pela pandemia de Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 6.400 mortos em todo o mundo.

O número de infetados ronda as 164 mil pessoas, com casos registados em pelo menos 141 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 245 casos confirmados. Do total de infetados, mais de 75 mil recuperaram.

O epicentro da pandemia provocada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2) deslocou-se da China para a Europa, onde se situa o segundo caso mais grave, o da Itália.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top