bancada.pt

“Não compreendo como Battaglia e Acuña estão a ser escorraçados do Sporting”

Bruno Mascarenhas, antigo vogal da direção de Bruno de Carvalho, voltou a criticar publicamente a direção do Sporting, agora tendo por base a política desportiva.

O ex-dirigente contestou que, numa altura em que os leões apregoam a aposta nos jovens formados em Alcochete, se afastem jogadores experientes que poderiam ajudar ao crescimento desses jovens.

Em dois casos concretos, mais do que o afastamento em si, Mascarenhas contestou a forma como esses jogadores foram tratados.

“Não compreendo como Battaglia e Acuña estão a ser escorraçados do clube”, afirmou o ex-dirigente, num artigo de opinião para o blogue Leonino.

“A incapacidade da ‘estrutura’ em disciplinar o balneário, e eventualmente estes dois atletas, eximindo-se de chatices e trabalhos, não pode ser razão nem justifica pôr de lado dois jogadores que recentemente eram convocatórias habituais numa das melhores selecções do mundo, a Argentina”, argumentou.

Recorde-se que Battaglia foi emprestado ao Alavés, de Espanha, enquanto Acuña foi excluído do grupo de trabalho, estando a treinar à parte.

Salientando a experiência dos internacionais argentinos, Bruno Mascarenhas destacou a importância que teriam no balneário para “temperar os ímpetos” dos jogadores mais jovens, assim como para “dosear a ansiedade” que ocorrerá nos momentos de maus resultados.

“Numa temporada longa, contra equipas experientes e matreiras, ter a liderança e qualidade em campo destes veteranos de longas batalhas faz falta aos nossos jovens talentos”, insistiu.

Crítico assumido da direção liderada por Frederico Varandas, tendo mesmo apontado Augusto Inácio como a figura ideal para levar o Sporting de volta aos títulos, o ex-vogal de Bruno de Carvalho lamentou ainda as saídas de Matheus Pereira, “incomparavelmente melhor jogador do que Nuno Santos”, e Gelson Dala, que “poderia ombrear com Vietto” como segundo avançado.

Ainda assim, elogiou a reintegração de João Palhinha, “seguramente dos melhores” médios defensivos portugueses.

“Dá confiança defensiva e tem leitura de jogo e discernimento em terrenos mais adiantados. Pela sua envergadura oferece soluções ofensivas nas bolas paradas e defensivas no mesmo campo. É um jogador com escola e de equipa grande”, concluiu.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top