bancada.pt

José Mourinho integra campanha de FIFA em parceria com a OMS contra o Covid-19

O treinador português José Mourinho integra uma campanha de prevenção do Covid-19 desenhada e divulgada hoje pela FIFA em parceria com a Organização Mundial de Saúde.

“Em termos de interação social, dê um passo atrás. Mantenha-se, no mínimo, a um metro de distância de todos que tossem ou espirram”, diz Mourinho, treinador do ano FIFA em 2010, atualmente à frente dos ingleses do Tottenham.

A campanha, que conta com seis técnicos, é apresentada pelo francês Arsène Wenger, que orientou o Arsenal durante 22 anos, e que sublinhou o facto de o coronavirus ser “grave” e que é necessário que todos coloquemos “a saúde em primeiro lugar”.

“Estas são as cinco táticas principais para combater o coronavírus, e desafio-te a segui-las, com disciplina e a toda a hora”, anuncia.

A lavagem regular das mãos, preferencialmente com uma solução que contenha álcool, evitar tocar os olhos, boca e nariz, espirrar para o cotovelo e não para o ar, manter distância segura para outros cidadãos ou simplesmente ficar em casa quando as pessoas não se sentem bem, são as recomendações.

O argentino Maurício Pochettino, substituído por Mourinho no Tottenhanm, o selecionador do Senegal, Aliou Cissé, a britânica Jill Ellis, treinadora da seleção feminina dos Estados Unidos campeã do Mundo em 2015 e 2019, e a responsável pela equipa feminina do Manchester United, Casei Stoney, são os outros técnicos da campanha.

O coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou cerca de 170 mil pessoas, das quais 6.850 morreram.

Das pessoas infetadas em todo o mundo, mais de 75 mil recuperaram da doença.

O surto começou na China, em dezembro, e espalhou-se por mais de 140 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Depois da China, que regista a maioria dos casos, a Europa tornou-se o epicentro da pandemia, com quase 60 mil infetados e pelo menos 2.684 mortos.

A Itália com 2.158 mortos (em 27.980 casos), a Espanha com 309 mortos (9.191 casos) e a França com 127 mortos (5.423 casos) são os países mais afetados na Europa.

Face ao avanço da pandemia, vários países adotaram medidas excecionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras.

Portugal registou hoje a primeira morte, um homem de 80 anos, entre 331 pessoas infetadas até hoje, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Veja o vídeo.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top