bancada.pt

“Jorge Jesus não ia era com a minha cara. Era fora do normal”, diz Miguel Rosa

A primeira passagem do treinador Jorge Jesus pelo Benfica fechou a porta da equipa principal a Miguel Rosa, até então a grande estrela da equipa B das águias.

“Por mais golos que marcasse e por melhor que jogasse, senti que não tinha hipóteses. Podia ter feito tudo e mais alguma coisa que não ia ter oportunidades”, afirmou o médio, que à época venceu por duas vezes o prémio de melhor jogador da II Liga, em entrevista ao Bola na Rede.

“Não era o meu futebol. Ele não ia era com a minha cara. Era fora do normal”, acrescentou.

Depois de brilhar no Belenenses, então na II Liga, Miguel Rosa foi chamado por Jorge Jesus à pré-temporada do Benfica.

“Nos primeiros dois treinos, ele pôs-me na minha posição e até estava a fazer golos, mas depois começou a utilizar-me a lateral-direito. Depois, de lateral-direito passei para lateral-esquerdo e, finalmente, quando já tinha jogadores para fazer 11 contra 11, ficava num campo à parte a fazer remates ao Moreira, juntamente com o David Simão e com o Rúben Pinto”, contou.

Jorge Jesus queria “emprestar” este trio, garantiu Miguel Rosa.

Para o treinador, era “muito bom” o jogador ir para um estágio de pré-temporada mesmo sem hipóteses de ficar na equipa principal.

“Se quiseres que eu te ponha na tua posição, tens Gaitán, Salvio, Saviola…”, disse Jesus a Miguel Rosa, acabando por citar “quase metade do plantel”.

O médio acabaria por voltar ao Belenenses, no qual voltou a ser figura de destaque.

Na última temporada, alinhou pelo Cova da Piedade, encontrando-se atualmente sem contrato.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top