bancada.pt

Jamor é “demasiado bonito e aberto para receber esta gente”

O FC Porto qualificou-se esta noite para a final da Taça de Portugal, indo disputar o troféu com o Benfica, ontem apurado, no Estádio Nacional. Mas terá o Jamor condições de segurança para o clássico com o ambiente no futebol tão crispado?

A rivalidade entre águias e dragões é bem antiga, mas tem conhecido nas últimas épocas um agravamento que parece não ter fim.

Já esta temporada, a troca de acusações e comunicados teve novos ‘episódios’ no passado sábado, após o clássico para o campeonato. O Benfica referiu que “a verdade desportiva foi claramente desvirtuada” e pediu árbitros estrangeiros, respondeu o FC Porto com críticas à “absoluta falta de vergonha“.

Os adeptos ‘seguem’ os clubes e tornam ainda maiores as polémicas e as provocações. Não foi por acaso que a viagem do rival da Luz teve segurança apertada.

E como será no Jamor? Terá o Estádio Nacional, inaugurado a 10 de junho de 1944, as condições de segurança necessárias para uma final da Taça de Portugal com dois rivais com posições tão extremadas?

Basta lembrar que foi no Jamor, precisamente numa final da Taça, que um adepto (do Benfica) matou outro (do Sporting) com um ‘very-light’, em 1996.

“É um estádio demasiado bonito e é um estádio demasiado aberto a mentalidades positivas para receber esta gente”, comentou Cândido Costa, antigo jogador que representou ambos os emblemas, na TVI24.

A final está agendada para 24 de maio.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top