bancada.pt

Imprensa europeia destaca o “modelo alemão” face ao dinheiro do Paris SG

As virtudes do “modelo alemão” sobressaíram hoje na imprensa europeia na abordagem ao triunfo do Bayern Munique na Liga dos Campeões de futebol, com 1-0 sobre um Paris Saint-Germain ao qual “o dinheiro (ainda) não traz felicidade”.

“Nenhum outro triunfo de Munique na Liga dos Campeões foi tão merecido quanto este”, sentencia o Frankfurter Allgemeine Zeitung da Alemanha, referindo-se ao sexto cetro dos bávaros na prova, um “sucesso sobretudo obra do treinador Hansi Flick”.

Um “outro vencedor em Lisboa foi o Qatar”, acrescenta o diário, referindo-se ao facto de a monarquia do Golfo não só ser dona do Paris Saint-Germain, mas ser igualmente um dos patrocinadores do Bayern de Munique.

“O Bayern realizou o seu ‘hat-trick’ de sonho”, destaca o diário de Munique Süddeutsche Zeitung, referindo-se ao clube ter conquistado ainda o campeonato e a Taça e destacando o facto de o golo do triunfo ter sido marcado “precisamente por (Kingsley) Coman, que nasceu e foi formado em Paris”.

Essa ironia do destino também foi vincada pelo catalão Mundo Deportivo: “Coman saiu porque as contratações que custaram milhões de euros já não lhe deixaram espaço. Mas ontem (domingo), foi Coman quem riu e Neymar quem chorou.”

“Este Bayern é lendário”, sintetizou o italiano Tuttosport, elogiando os “heróis de Munique” e brincando com o nome do autor do único golo, com um “Na Europa, o Bayern COMANda”.

A Gazzetta dello Sport enalteceu o “modelo germânico” na primeira página: “Os alemães afirmaram o físico e a superioridade estratégica. Os franceses foram traídos pelas suas estrelas: Neymar, Mbappé e Di Maria.”

O diário de Milão atribui ainda a Neymar o ‘barrete de burro’: “Era ele ou Mbappé, mas custou mais 42 milhões… O emirado queria que levasse o PSG ao Olimpo, pelo contrário termina em lágrimas.”

Neymar recebeu nota mediana de vários jornais franceses, destacando as oportunidades que o brasileiro falhou e que o levaram à primeira página do L’Equipe, com grande imagem e o título “Inconsolável”.

Mbappé e o lateral Kehrer, ambos com nota três, foram os menos valorizados pelo principal diário desportivo francês, enquanto o Le Parisien lembrou que Neymar esteve abaixo do esperado.

Em Inglaterra, o Mirror acredita que “os aristocratas do Bayern de Munique superam o ‘novo rico’ Paris Saint-Germain” para conquistar o seu sexto cetro europeu e mostrar que a Alemanha brilhou na atípica época marcada pela pandemia da covid-19.

“Num estádio sem adeptos e uma temporada quase interminável, foi o Bayern de Munique quem atingiu o objetivo. O seu sexto título europeu foi conquistado em circunstâncias sem precedentes, mas, mesmo assim, merecido por uma equipa que tem sido a melhor na competição e sem dúvida a melhor da Europa este ano”, elogia o The Times.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top