bancada.pt

Gil Vicente focado nos detalhes que pode controlar rumo à consolidação na I Liga

O Gil Vicente deseja controlar todos os detalhes que dependem de si próprio para solidificar o clube na próxima edição da I Liga e gerar expectativas nos adeptos, defendeu hoje o treinador Rui Almeida.

“Vamos manter o foco só em nós e estar muito preocupados em haver competência naquilo que fazemos. Depois, sermos competitivos e entrar em qualquer terreno de jogo com a ambição de ganhar, sendo humildes o suficiente para saber que teremos adversários de enorme qualidade”, frisou o técnico, em conferência de imprensa.

Ultrapassada uma temporada marcada pelo regresso administrativo à elite, a partir do Campeonato de Portugal, na sequência do ‘caso Mateus’, que culminou numa “prestigiante” 10.ª posição, os minhotos voltam a estabelecer como “objetivo macro” a consolidação “mais rápida possível” do clube na elite do futebol nacional.

“Em traços gerais, queremos construir e jogar juntos em qualquer lugar do campo, com apoios constantes à bola. No futebol, é necessário pensar em ganhar, mas gostava muito que o adepto terminasse o jogo e ficasse ansioso pelo próximo. Isso era gratificante, não só porque ganhamos, mas pelo conteúdo que deixamos em campo”, sustentou.

Ao oitavo dia de pré-época, Rui Almeida enalteceu o “trabalho atempado” do Gil Vicente, que perdeu seis habituais titulares, manteve 13 atletas e integrou 10 reforços nos diversos setores, ficando a aguardar pelas próximas semanas para avaliar a necessidade de adquirir “mais dois ou três jogadores”, conforme explicou o diretor-geral Dito.

Uma das caras novas é o médio Leandrinho, oriundo dos brasileiros do Botafogo, que pretende justificar a confiança dos ‘galos’ nas suas capacidades e augura maior consistência exibicional em plena temporada de estreia no futebol europeu.

Já o defesa Henrique Gomes continua a debelar uma entorse no tornozelo esquerdo e disputará a segunda época seguida ao serviço do clube da terra, no qual se formou, garantindo estar “de corpo e alma” em Barcelos, apesar do “interesse de alguns clubes”.

“Do pouco que vi e por aquilo que os meus colegas transmitem, a confiança é total. Estão a gostar dos métodos e os reforços vêm para acrescentar. Há tempo para trabalhar as ideias do ‘mister’ e penso que vai correr tudo bem. Esperamos uma época de consolidação na I Liga muito igual à do ano passado, tranquila e sem apertos”, afiançou.

Rui Almeida foi designado como sucessor de Vítor Oliveira e operou diversas mudanças na equipa técnica, ao ser acompanhado pelos adjuntos Gabriel Santos e Pedro Duarte, o treinador de guarda-redes Miguel Matos, o observador Rafael Vieira, os técnicos de análise e performance Sérgio Querido e José Barbosa e o diretor clínico Luís Miguel.

O Gil Vicente vai estagiar em Melgaço, entre 30 de agosto e 05 de setembro, e defrontar o Leixões (dia 02), tendo ainda outros jogos de preparação agendados com os primodivisionários Moreirense (29 de agosto), Sporting de Braga (09 de setembro) e Vitória de Guimarães (dia 12), em horários e locais a designar.

A edição 2020/21 da I Liga portuguesa de futebol arrancará no fim de semana de 19 e 20 de setembro, quase dois meses após a conclusão de uma temporada reformulada devido à pandemia de covid-19, estando o sorteio marcado para sexta-feira.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top