bancada.pt

Foi um goleador temível, teve de fugir da Turquia e agora conduz um Uber

Figura lendária do futebol turco, Hakan Sukur revelou que teve de abandonar o país para escapar ao regime de Recep Tayyip Erdogan,  vivendo agora como motorista de Uber nos EUA.

Em entrevista ao Welt amm Sontag, Sukur, um goleador temível no auge da carreira, falou sobre como “a vida pode mudar radicalmente de um momento para o outro”

Em 2011, três anos após ter encerrado a carreira de futebolista, o antigo avançado de clubes como Galatasaray, Torino, Inter, Parma e Blackburn Rovers ingressou na vida política, pelo AKP de Erdogan.

Como figura mediática, Sukur foi dos mais visados quando rebentaram vários escândalos de corrupção no partido.

“Começaram logo as hostilidades”, lembrou: “A loja da minha esposa foi apedrejada, os meus filhos foram assediados e meu pai preso”.

Este último caso ocorreu logo após o ex-futebolista ter fugido da Turquia, para os EUA.

“Não tenho mais nada em nenhum lugar do mundo. Erdogan apoderou-se de tudo o que era meu: o direito à liberdade, o direito de me explicar, de me expressar, o direito ao trabalho”, explicou.

Agora com 48 anos, aquele que para muitos foi o melhor jogador de sempre da Turquia vive como motorista de Uber.

À distância, aguarda que “os direitos humanos” voltem a ser uma realidade na Turquia.

“Espero que regresso a democracia e a justiça ao meu país”, concluiu Hakan Sukur.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top