bancada.pt

“É este tipo de raciocínio que serve para ilibar o Benfica de tudo”

O diretor de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques, denunciou a existência de uma lógica para “ilibar o Benfica de tudo”, na sequência das agressões entre “adeptos” perto do Estádio de Alvalade.

As autoridades não confirmaram a ligação dos alegados agressores ao Benfica, nem a das vítimas ao Sporting, mas para o dirigente do FC Porto já está em curso uma campanha para ‘limpar’ essa suposta ligação dos agressores ao rival da Luz.

Pegando num conjunto de questões enunciadas pelo comentador Alexandre Guerreiro, Francisco J. Marques associou o caso das agressões ao processo E-Toupeira, que visa Paulo Gonçalves, ex-assessor jurídico da SAD do Benfica, e às denúncias de aliciamento feitas publicamente por CássioLionn, ex-jogadores do Rio Ave.

“É precisamente este tipo de raciocínio que serve para ilibar o Benfica de tudo. O Paulo Gonçalves não tem nada a ver com o Benfica, o Cássio e o Lionn não foram vítimas de tentativa de aliciamento, etc, etc”, escreveu o diretor do FC Porto.

No mesmo comentário, Francisco J. Marques evocou os 24 anos decorridos desde que “Rui Mendes foi assassinado no Jamor”, lembrando o adepto do Sporting atingido por um very-light lançado por Hugo Inácio, adepto do Benfica.

O Sporting já repudiou os incidentes no Lumiar.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top