bancada.pt

“Equacionar uma liga sem campeão era absolutamente terrível”, diz Pedro Proença

Em entrevista à Sport TV, o presidente da Liga Portugal, Pedro Proença, elogia a decisão da UEFA de adiar o Euro2020 para o próximo ano, alargando, por consequência, o prazo de conclusão dos campeonatos nacionais até dia 30 de junho.

Como tal, Proença destaca a importância de as provas serem decididas dentro de campo e não fora dele.

“Equacionar uma liga sem um campeão ou que não se perceba por mérito desportivo quem acede à Liga dos Campeões ou Liga Europa era absolutamente terrível para o planeamento da próxima época. Com o sinal que a UEFA deu, podemos voltar o mais rapidamente possível a devolver a normalidade das competições”, afirmou o presidente da Liga.

O ex-árbitro sublinha que houve “bom senso” por parte de todas as instituições ligadas ao mundo do futebol.

Ao mesmo tempo, Pedro Proença destaca que o alargamento do prazo para a conclusão da I e II Liga permite ao organismo analisar, com calma, como o surto de Covid-19 se irá desenvolver e quais as próximas medidas a tomar.

“Abriu-se uma janela temporal fundamental para as provas. Neste momento ganhou-se um mês e meio para ver como a curva do Covid-19 vai comportar-se. Trabalhamos sobre um cenário desconhecido, mas esta janela vai permitir apurar os campeões, quem vai à Europa e quem vai descer”, indicou.

Sem querer indicar uma data para o regresso da I Liga, Pedro Proença confirma que seria “precoce” equacionar qualquer decisão imediata.

Proença pede um esforço por parte dos clubes, árbitros e dirigentes para que a retoma dos campeonatos seja feita de forma célere.

“Temos percebido na tal curva exponencial do Covid-19 que ainda é cedo para saber como vai evoluir. Mas queremos que aconteça rapidamente a retoma”, explicou, acrescentando que é necessária a união por parte de clubes, árbitros e dirigentes para que as restantes dez jornadas sejam concluídas.

Numa entrevista em que o presidente da Liga criticou as palavras de António Costa, que referiu que o futebol “não está no topo das prioridades” do Estado, Pedro Proença deixa uma mensagem para os adeptos da modalidade.

“O futebol cumpriu com a sua missão. Deixo uma palavra de positividade, o futebol vai voltar a dar alegrias às pessoas”, concluiu.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top