bancada.pt

DGS diz que Portugal-Suécia é permitido se cumprir regras da UEFA

A diretora-geral da Saúde afirmou que o jogo de futebol entre Portugal e a Suécia, da Liga das Nações, marcado para hoje em Lisboa, é permitido, caso sejam cumpridas todas as regras impostas pela UEFA relativas à covid-19.

“As regras da UEFA são claras, se antes do jogo todos estiverem assintomáticos e testarem negativo a probabilidade de transmissão é infinitamente pequena, portanto o jogo é permitido”, disse Graça Freitas, na habitual conferência de imprensa da Direção-Geral da Saúde (DGS) para balanço da pandemia de covid-19.

Graça Freitas garantiu que os futebolistas da seleção portuguesa, que estão concentrados na Cidade do Futebol, e entre os quais já foram detetados três casos positivos para a covid-19, vão ser sujeitos às medidas aplicadas a qualquer cidadão.

“O inquérito epidemiológico dos jogadores da seleção ainda não terminou”, disse, acrescentando: “O grupo já está isolado ‘per si’ na Cidade do Futebol. Os jogadores estão numa espécie de isolamento, têm as suas bolhas, não estão na comunidade”.

A responsável da DGS assegurou que “todos os cidadãos são tratados da mesma maneira” e explicou que após o final da concentração “se as autoridades de saúde chegarem à conclusão de que houve contactos de alto risco, terão de decidir que os jogadores ficam em isolamento”.

Graça Freitas garantiu que aos três jogadores da seleção portuguesa que testaram positivo e regressaram aos países onde têm residência – Cristiano Ronaldo (Itália), Anthony Lopes e José Fonte (França) – “foram aplicadas as regras que se aplicam a qualquer cidadão que esteja em Portugal e resida fora”.

“Dois jogadores regressaram a França, e um a Itália”, afirmou Graça Freitas, assegurando que “o transporte em condições de segurança fica inteiramente a cargo da pessoa doente”.

Graça Freitas referiu que “as pessoas que saem do país, assinam uma declaração na qual se comprometem perante as autoridades a cumprir o período de isolamento profilático no país onde residem”.

Segundo a responsável, Portugal “como todos os países da União Europeia comunica sempre ao país de destino, seja quem for o cidadão, que esse cidadão iniciou um período de confinamento ou isolamento profilático”.

Depois de ter testado positivo ao novo coronavírus na terça-feira, o futebolista Cristiano Ronaldo deixou hoje Portugal, a bordo de um avião-ambulância privado, rumo a Itália, onde deverá cumprir as regras de isolamento definidas.

A Juventus, clube de Ronaldo, confirmou que o jogador já está em Turim e que vai cumprir o isolamento na sua residência.

Ronaldo foi o terceiro jogador da seleção lusa infetado com o novo coronavírus, depois de José Fonte e Anthony Lopes, que já tinham sido dispensados dos trabalhos da equipa das ‘quinas’, terem regressado a França, onde alinham pelo Lille e Lyon, respetivamente.

A seleção portuguesa de futebol, que hoje recebe a Suécia, às 19:45, em jogo da Liga das Nações, jogou com a Espanha (0-0), em jogo particular a 07 de outubro, em Lisboa, e a França (0-0), no domingo, em Saint-Denis, para a Liga das Nações.

Portugal contabiliza pelo menos 2.117 mortos associados à covid-19 em 91.193 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top