bancada.pt

“Competência de Jesus é inspiração para todos os técnicos”, diz Ricardo Soares

O treinador Ricardo Soares pediu hoje uma exibição de superação dos futebolistas do Moreirense rumo à conquista de pontos no terreno do Benfica, no sábado, em encontro da segunda jornada da I Liga.

“Se o Benfica não estiver num dia bom e nós num dia fantástico e na plenitude das capacidades, o jogo pode ser equilibrado e poderemos conquistar pontos, que é o fundamental. Só essa ambição nos pode dar estabilidade para evoluirmos a todos os níveis e fazer um campeonato tranquilo”, projetou o técnico, em conferência de imprensa.

Os minhotos pontuaram nas últimas duas visitas à Luz, mas o técnico reconhece que “os anos anteriores pouco valem”, até porque “os treinadores e os jogadores são diferentes”, preferindo apostar num Moreirense “sem nada a perder”, perante um adversário “bem orientado, com qualidade e muito forte em casa, que luta para ser campeão”.

“As equipas falam dentro do campo sobre os seus treinadores. A competência do Jorge Jesus está por demais evidente e acaba por ser uma inspiração para todos os técnicos, porque é muito qualificado. Nós também queremos ser competentes, sempre com uma insatisfação muito grande da minha parte em ser melhor constantemente”, anotou.

Prevendo um “ano duro para todos” na luta pela permanência, Ricardo Soares salienta a “margem de progressão muito grande” patenteada pelo Moreirense, que apresentou apenas dois reforços nas escolhas iniciais da receção vitoriosa ao recém-promovido Farense (2-0) e expôs um “nível razoável” para começo de temporada.

“Vieram jogadores de realidades diferentes, com a agravante de estarem parados há muito por causa da covid-19, pelo que precisam de tempo e confiança. A equipa tem uma sustentabilidade muito boa nos vários momentos do jogo e um conhecimento grande das minhas ideias. Isso leva-me a pensar que no futuro seremos melhores”, enalteceu.

Ricardo Soares terá de colmatar as ausências dos lesionados Kewin, Abdu Conté, Sori Mané, Derik Lacerda e Yan, de David Tavares, cedido pelas ‘águias’, e Nahuel Ferraresi, que cumpre uma suspensão de dois jogos oriunda da última época, enquanto Djavan e Luiz Henrique ficaram afastados por opção do embate com os algarvios e estão de saída.

“O que me deixa um bocadinho apreensivo não é o número de lesionados, mas sim o facto de ser um guarda-redes, um médio e um avançado. Precisava de mais características para ir a jogo e mexer na equipa, mas confio nos que temos. É um desafio para todos nós, jogadores e treinadores, procurar fazer mais com menos”, concluiu.

O Moreirense, terceiro colocado, com três pontos, defronta o líder Benfica, também com três, no sábado, às 18:30, no Estádio da Luz, em Lisboa, num encontro da segunda jornada da I Liga, que será arbitrado por Nuno Almeida, da associação do Algarve.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top