bancada.pt

Cláusula de rescisão de Jesús Corona está mais baixa, revela o empresário

O representante de Jesús Corona, Matias Bunge, colocou o jogador do FC Porto na rota do Sevilha de Lopetegui, afirmando que a cláusula de rescisão do extremo mexicano “está mais baixa”.

“No ano passado, houve negociações para que o Corona se mudasse para o Sevilha, só que a cláusula de rescisão era muito alta e foi impossível, porque o FC Porto recusou-se a negociar”, revelou Matias Bunge, em entrevista ao ABC.

De acordo com o empresário, ao invés dos 50 milhões que travaram o interesse do Sevilha, a cláusula de Corona está agora “nos 30 milhões” de euros.

Com o internacional mexicano a ser “um dos jogadores mais decisivos do FC Porto”, a equipa espanhola mantém o interesse, que parece ser mútuo.

“É claro que o Corona gostava de jogar na liga espanhola e o Sevilha é um dos clubes mais importantes. Está sempre nas competições europeias e é uma equipa em crescimento, com grandes plantéis”, afirmou Matias Bunge.

Para já, “não há negociações”, esclareceu.

“É normal, está tudo parado. Em janeiro, houve algumas sondagens a preparar o próximo mercado, mas a crise do coronavírus mudou tudo. Há que esperar. E não é só no caso do Corona, é no futebol em geral”, concluiu o representante do mexicano.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top