bolanarede.pt

AS Roma 1-2 Juventus FC: Triunfo devolve o primeiro lugar

A CRÓNICA: JOGO INTENSO E MUITO TÁTICO

A Juventus pretendia aproveitar o deslize do Inter para se isolar no primeiro lugar da Serie A, e entrou em campo praticamente a ganhar. Aos 3’ minutos, falta sobre Cristiano Ronaldo no meio campo defensivo da Roma. Na cobrança do livre, Dybala descobriu Demiral ao segundo poste, que atirou para o fundo das redes. Demiral acabou por sair lesionado ao minuto 19’, quando estava a concretizar uma exibição de alto calibre. Aos 9’ minutos, Veretout derruba Dybala na grande área da equipa romana e Cristiano Ronaldo não desperdiçou na marca dos 11 metros. Na primeira parte, após um grande começo de jogo, a Juventus limitou-se a gerir o resultado. A jogada de maior perigo da Roma surgiu de um remate de Pellegrini, que em boa posição para marcar, rematou contra o corpo de Rabiot, que se encontrava perto da linha de golo.

No segundo tempo, os primeiros 20 minutos foram muito equilibrados, mas com raras ocasiões de golo. Ambas as equipas construíram jogadas de pouco perigo, com a bola muito disputada a meio campo e com vários duelos individuais. Aos 65’ minutos, a Roma envia uma bola ao poste esquerdo de Szczesny, por intermédio de um remate de Dzeko, e na sequência do lance, a bola bate contra o braço de Alex Sandro, provocando penálti. Perotti não desperdiçou, e colocou o marcador em 1-2. Higuaín, aos 79’ minutos ainda colocou a bola dentro da baliza romana após passe de Ronaldo, mas o argentino estava em posição irregular.

A Juventus termina assim a 19ª jornada em primeiro lugar do campeonato, com mais dois pontos que o Inter, segundo classificado. A Roma de Paulo Fonseca ocupa a quinta posição da tabela classificativa, em igualdade pontual com a Atalanta, que está em quarto lugar.

A FIGURA

Fonte: Champions League

Paulo Dybala – Embora tenha sido substituído aos 69’ minutos por opção técnica, fez uma exibição consistente. Um primeiro tempo de muita qualidade, com o ataque da equipa de Turim a passar sempre pelos seus pés e, posteriormente, uma segunda parte mais apagada. O avançado argentino teve influência direta no marcador, fazendo a assistência para o golo de Demiral e sofrido a falta que desencadeou o golo de penálti por intermédio de Cristiano Ronaldo. Ainda uma menção honrosa para Demiral, que estava a fazer uma exibição perfeita até ao momento da sua lesão, aos 19’ minutos, acabando por ser substituído.

O FORA DE JOGO

Fonte: AS Roma

Jordan Veretout – O médio centro francês passou “ao lado” do jogo, acabando por ser substituído no decorrer da segunda parte. Falta de participação no jogo, algumas más decisões e um erro que provocou o segundo golo da Juventus marcaram a sua exibição. Numa fase inicial da partida, derrubou Dybala, provocando o penálti que colocou o adversário a vencer por dois golos de vantagem antes dos 10’ minutos de jogo, colocando a Roma numa posição muito frágil logo no começo da partida.

ANÁLISE TÁTICA – AS ROMA

A Roma já perdia por duas bolas a zero aos dez minutos, o que obrigou desde cedo Paulo Fonseca a alterar os planos iniciais. O técnico luso apostou num 4-2-3-1, com Veretout e Diawara como médios mais recuados, e Pellegrini a dar mais apoio ao ataque. Na construção de jogo, Diawara recuava, juntando-se aos defesas centrais, formando uma linha de três jogadores na construção de jogo. Com a entrada de Cristante, a Roma balanceou-se mais para o ataque, com o centro campista a pautar a construção de jogo da “equipa da capital”.

11 INICIAL E PONTUAÇÕES

Pau López (6)

Alessandro Florenzi (6)

Gianluca Mancini (7)

Chris Smalling (6)

Alekandar Kolarov (6)

Amadou Diawara (6)

Jordan Veretout (4)

Lorenzo Pellegrini (5)

Nicolò Zaniolo (5)

Diego Perotti (7)

Edin Dzeko (7)

Subs utilizados

Cengiz Under (5)

Bryan Cristante (6)

Nikola Kalinic (-)

 

ANÁLISE TÁTICA – JUVENTUS FC

A Juventus apostou num esquema tático de 4-4-2 formando um losango fechado no meio campo. A linha de meio campo foi constituída por quatro médios interiores, com Pjanic a cumprir missões mais defensivas, abrindo espaços para a subida dos defesas laterais. Os dois avançados, Ronaldo e Dybala, realizavam movimentos para as alas, abrindo espaço no meio para a entrada de um dos médios, normalmente Ramsey. A equipa de Turim mostrou-se taticamente muito bem organizada, destacando-se um meio campo muito coeso. A partir das entradas de Higuaín e Danilo, o sistema tático mudou para 4-3-3. Cuadrado passou a jogar em terrenos mais atacantes na ala direita, potenciando o contra-ataque, Higuaín funcionou como ponta de lança mais fixo e Ronaldo encostou na ala esquerda.

 

11 INICIAL E PONTUAÇÕES

Wojciech Szczesny (7)

Juan Cuadrado (5)

Merih Demiral (7)

Leonardo Bonucci (6)

Alex Sandro (5)

Adrien Rabiot (7)

Miralem Pjanic (6)

Blaise Matuidi(6)

Aaron Ramsey (6)

Paulo Dybala (7)

Cristiano Ronaldo (7)

Subs utilizados

Matthijs de Ligt (7)

Gonzalo Higuaín (5)

Danilo (-)

Foto de Capa: Juventus FC

O conteúdo AS Roma 1-2 Juventus FC: Triunfo devolve o primeiro lugar aparece primeiro em Bola na Rede.

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top