bancada.pt

Ansu Fati estreia-se nos convocados da Espanha para a Liga das Nações

O avançado de 17 anos Ansu Fati, do FC Barcelona, foi selecionado pela primeira vez por Luis Enrique para os jogos da Espanha frente à Alemanha e Ucrânia, para a Liga das Nações de futebol, foi hoje anunciado.

Ansu Fati marcou oito golos nos 33 jogos em que participou esta temporada e o selecionador Luis Enrique promoveu a estreia do jovem nascido na Guiné-Bissau, mas naturalizado espanhol, para os jogos com a Alemanha, em 03 de setembro, e Ucrânia, em 06, do grupo A4 da Liga das Nações.

O avançado nasceu na Guiné-Bissau em 31 de outubro de 2002 (17 anos) e mudou-se para a Andaluzia aos seis anos de idade, tendo dado os primeiros passos futebolísticos no Sevilha.

Em 2013, Ansu Fati deixou os escalões de formação do Sevilha para assinar pelo FC Barcelona, com o qual tem um contrato de acordo com a legislação da FIFA prevista para menores de idade até 2022, com uma cláusula de rescisão de 100 milhões de euros.

No início da temporada de 2019/20 chegou à primeira equipa do Barça.

Fati tornou-se em 31 de agosto de 2019, em Pamplona, o jogador mais jovem a marcar pelo FC Barcelona na Liga espanhola, com 16 anos e 304 dias, destronando o hispano-sérvio Bojan Krkic, numa lista de precocidade em que o ‘astro’ argentino Lionel Messi surge em terceiro lugar.

Em 20 de setembro, o Conselho de Ministros aprovou a proposta da ministra da Justiça, Dolores Delgado, e a atribuição, por decreto real, da nacionalidade espanhola, na sequência de um pedido submetido pela RFEF e apoiado pelo Conselho Superior de Desportos (CSD).

Para além da estrela em ascensão Ansu Fati, Luis Enrique, que retomou o banco da ‘roja’ em novembro de 2019, promove ainda as estreias de Sergio Reguilon (Sevilha), Eric Garcia e Ferran Torres (Manchester City), Mikel Merino (Real Sociedad), Oscar Rodríguez (Leganés) e Adama Traoré (Wolverhampton).

No sentido inverso ao dos estreantes estão algumas figuras emblemáticas do futebol espanhol, como Jordi Alba (FC Barcelona) ou Saul Niguez (Atlético Madrid) que não fazem parte dos eleitos do regressado selecionador Luis Enrique.

O treinador Luis Enrique, de 50 anos, afastou-se da seleção para ficar ao lado da filha, que morreu de cancro no final de agosto de 2019 aos nove anos, e voltou em 19 de novembro para substituir o seu ex-adjunto Roberto Moreno à frente da ‘roja’.

A Espanha defrontará a Alemanha em 03 de setembro, em Estugarda, na jornada inaugural da Liga das Nações, que também será o primeiro jogo do técnico desde seu regresso e o primeiro jogo oficial dos espanhóis desde a pandemia de covid-19.

Três dias depois, em 06 de setembro, a ‘Roja’ receberá a Ucrânia, para a sua jornada da competição, no estádio Alfreo Di Stéfano, em Madrid.

A Espanha está no grupo A4 da Liga das Nações – que tem como campeão Portugal – junto com a Alemanha, Ucrânia e Suíça. As seis jornadas da fase de grupos da prova estão programadas para acontecer de 03 de setembro a 17 de novembro.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top