bolanarede.pt

Ainda dá tempo, Beira-Mar!

Do objetivo “manutenção” ao sonho “subida”, o SC Beira-Mar atravessa uma fase menos positiva na série C do Campeonato de Portugal. O histórico clube aveirense procura reerguer-se após anos negros da sua história que culminaram com a descida aos campeonatos distritais.

De cara lavada e com uma estrutura que tem primado pela organização e vontade em fazer regressar o Beira-Mar aos grandes palcos do futebol português, foi com naturalidade que, após a subida de ao Campeonato de Portugal, o objetivo proposto para esta temporada fosse o da manutenção de forma a estabilizar o clube e dotá-lo de melhores recursos para depois sim pensar em regressar aos campeonatos profissionais. Porém, dado o excelente arranque de campeonato aliado ao grande equilíbrio na série em que se encontra, foi crescendo um sentimento entre os adeptos beiramarenses que o clube podia lutar já esta temporada por um dos dois lugares que dão acesso à fase de subida. A grande vitória sobre o CS Marítimo na terceira eliminatória da Taça de Portugal alicerçou ainda mais essa esperança e crença num plantel que sempre foi curto, mas com bons jogadores e uma ideia de jogo bem definida, assente no rigor defensivo e no equilíbrio emocional em todos os momentos do jogo.

O SC Beira-Mar levou a melhor sobre o CS Marítimo na terceira eliminatória da Taça de Portugal
Fonte: SC Beira-Mar

O Beira Mar faz-se de juventude mas também pessoas de grande experiência e história no clube. Artur e Rui Sampaio serão os maiores exemplos de fidelidade sem esquecer o treinador Ricardo Sousa, o homem que marcou o golo que deu a conquista de uma Taça de Portugal ao clube e filho de um treinador que ficou na história do Beira-Mar, António Sousa. Foi precisamente Ricardo Sousa que assumiu publicamente a vontade em estar presente na fase de subida, após um jogo em que o Beira-Mar até perdeu, frente ao CD Fátima. Nessa altura, o técnico afirmara que dada a competitividade da série e a posição ocupada pelo clube, tinha de tentar algo mais que a manutenção.

Estranhamente, desde então que o Beira-Mar do início de época não mais se viu. A cedência de alguns jogadores importantes como Cissé ou Caminata contribuiu fortemente para uma decadência da forma de jogar do Beira-Mar que, embora relativamente sólido atrás, não consegue ser dominador e eficaz à frente. Duas vitórias nos últimos trezes jogos demonstram bem o que tem acontecido mas, mais do que isso e numa perspetiva positivista para o Beira-Mar, continua a apenas três pontos do segundo classificado desta série. Ainda há alguns jogos por disputar e tudo está em aberto. Se Ricardo Sousa conseguir resgatar a confiança dos jogadores e fazê-los jogar com alegria, o Beira-Mar voltará a subir posições porque tem qualidade para isso.

É indelével. Será que o maior clube do distrito de Aveiro consegue voltar à ribalta? Ou será que não queimar etapas é o melhor caminho?

Foto de Capa: SC Beira-Mar

O conteúdo Ainda dá tempo, Beira-Mar! aparece primeiro em Bola na Rede.

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top