bolanarede.pt

Académico de Viseu FC 1-1 Leixões SC: Tudo igual no fundo da tabela

A CRÓNICA: EMPATE ASSENTA BEM NUM JOGO RITMO BAIXO

Um jogo entre duas equipas com um início de campeonato pouco positivo. O Académico de Viseu FC, último classificado da Segunda Liga com um ponto em três jogos, recebeu o Leixões SC, penúltimo da tabela com dois pontos com mais uma ronda disputada do que os da casa.

A primeira oportunidade surgiu logo, aos três minutos, com uma arrancada rápida de Yuri pelo lado esquerdo do ataque com o desvio da defesa do Leixões SC a afastar a bola de Luisinho que estava pronto para finalizar. A bola acabaria por chegar a Zimbabwe que, nas imediações da área, rematou forte mas longe da baliza de Beto.

O jogo seguia sem oportunidades de perigo para as duas balizas até aos 29 minutos. Paulo Machado rematou para fora depois de uma simulação de Furlan no livre de que iria bombear para dentro de área. Era o prenúncio para mais emoção no jogo.

Dois minutos depois, num canto a favor da equipa viseense, Mathaus cabeceou para defesa incompleta de Beto com a bola ser introduzida na baliza por Yuri. No entanto, o árbitro assinalou falta sobre o guarda-redes do Leixões SC.

No minuto seguinte, novo canto para a equipa da casa, com Yuri a cabecear diretamente à barra da baliza adversária. Na sequência do lance, o Leixões SC lançou um contra-ataque pelo lado direito com Paulo Machado a rematar já dentro da área para defesa incompleta de Janota para canto.

Aos 37 minutos, surgiu nova oportunidade para a equipa visitante. Outra vez na sequência de um contra-ataque, desta vez do lado esquerdo, Sapa bem servido por Nenê de cabeça, rematou já dentro da área para as malhas laterais da baliza do Académico de Viseu FC.

Perto do fim da primeira parte, desatenção de Ricardo Janota que com um mau passe colocou a bola nos pés Wendel. O avançado do Leixões SC não aproveitou a oferta e, já dentro da grande área, acabou desarmado pelo próprio guardião.

O primeiro tempo finalizou sem direito a minutos de compensação com cruzamento/remate de Luisinho que obrigou Beto a socar a bola para fora da área.

A segunda parte começou a um ritmo baixo tal como decorreu a maioria da primeira. Aos 47 minutos, desatenção entre Brendon e Beto com um atraso do central brasileiro para o guardião, que acabou por sair pela linha de fundo perante a pressão de João Vasco. Contudo, o ponta de lança João Vasco conseguisse captar a bola.

Seis minutos depois, o experiente Nenê conseguiu entrar na área do Académico pela esquerda e perante a pouca pressão da defesa da casa rematou cruzado para dentro da baliza de Janota. Estava feito o primeiro da partida.

À passagem da hora de jogo Sérgio Boris fez entrar de André Carvalhas, enquanto colocou Tiago André no lugar de Encada para dar maior estabilidade defensiva à direito. No entanto, o empate havia de chegar. Aos 66 minutos, falta sobre o Yuri no centro do terreno fora da área. Fernando Ferreira cobrou o livre direto com a bola a embater no solo e a entrar na baliza de Beto perto do poste esquerdo.

Logo a seguir, o Leixões SC teve oportunidade de voltar para a frente do marcador. Wendel não consegue desviar para abaliza o cruzamento de Furlan. No mesmo minuto, o recém entrado Jota rematou de fora de área por cima da baliza desviando o remate em Mathaus.

Perto do final da partida, as duas equipas tiveram uma grande oportunidade para conquistar os três pontos cada uma delas.

No último minuto do tempo regulamentar, Nenê ganha a bola a Mathaus nas alturas, consegue entrar do lado direito do ataque e fez a bola passar debaixo das pernas do central do Académico de Viseu FC. Contudo, o avançado rematou para a atmosfera, com apenas o guardião pela frente.

Já em período de descontos, o lateral da equipa de Matosinhos, Mesquita, à entrada da área sem marcação na sequencia de um alivio da defesa academista, rematou sem oposição para fora. Empate justo para duas equipas que só acordaram perto do final da partida.

 

A FIGURA

Nenê – O veterano ponta de lança ainda tem muito futebol para mostrar. Apesar de ter pouco espaço entre os centrais do Académico de Viseu, fez combinações interessantes com Sapara e Furlan, usando o jogo aéreo e o seu porte físico. Conseguiu arranjar espaço na área viseense para rematar e fazer o primeiro da partida. Ainda teve a oportunidade para dar a vitória ao Leixões perto do final da partida, depois de ganho a bola a Mathaus e o ter conseguido ultrapassar, passando a bola entre as pernas do central adversário.

O FORA DE JOGO

Publicado por Leixões SC – Futebol, SAD em Terça-feira, 25 de agosto de 2020

 

Wendel – Teve duas oportunidades na área e falhou. Para além disso, o ponta de lança adaptado a extremos esteve pouco em jogo em comparação com o seu colega de setor, Sapara, esteve muito menos em jogo e acabou por participar pouco na manobra ofensiva da equipa.

 

 ANÁLISE TÁTICA – ACADÉMICO DE VISEU FC

Sérgio Bóris manteve o mesmo esquema tático que já tinha apresentado na partida anterior, 4x4x2. A novidade no onze, João Vasco, juntou-se a Fernando Ferreira como membros mais adiantados. Yuri Araújo e Luisinho foram os municiadores dos mais adiantados pelas alas.

11 INICIAL E PONTUAÇÕES

Janota (6)

Mesquita (6)

João Pica (7)

Félix Mathaus (6)

Jorge Miguel (7)

Diogo Santos (6)

Zimbabwe (7)

Fernando Ferreira (7)

Yuri Araújo (7)

Luisinho (6)

João Vasco (6)

SUBS UTILIZADOS

André Carvalhas (6)

Carter (6)

Joel (-)

Bruno Loureiro (-)

 

ANÁLISE TÁTICA – LEIXÕES SC

Tiago Fernandes mexeu muito no onze e na organização tática se ter mantido 4x3X3. Tentou dar mais profundidade no flanco com a adaptação do extremo Encada à lateral direita. Nenê é a referência da área no ataque dos visitante, servido muitas vezes pelo lateral Forlan. Já Sapa e Wendel , a funcionar como extremos esquerdo e direto, respetivamente,  vinham muitas vezes para dentro para combinar com o ponta de lança ex-Moreirense FC.

11 INICIAL E PONTUAÇÕES

Beto (7)

Encada (6)

Brendon (6)

João Pedro (7)

Furlan (7)

Diogo Gomes (6)

Paulo Machado (6)

Joca (6)

Sapara (7)

Wendel (6)

 Nenê (8)

SUBS UTILIZADOS

Edu Machado (7)

Jota (6)

Jota Silva (6)

 

BnR NA CONFERÊNCIA DE IMPRENSA

Bola na Rede: Fez sete alterações no onze titular em relação à jornada anterior (frente ao Estoril-Praia SAD, derrota por 1-0). Quais foram os motivos para tanta mudança?

Tiago Fernandes: Porque não estava satisfeito. Não gostei da exibição no Estoril e quem treina e joga no Leixões SC, tem de treinar e jogar de maneira diferente. Por isso, quando não estamos satisfeitos, trocamos de jogadores e damos oportunidade a outros porque o plantel tem jogadores que trabalharam muito bem para merecer a confiança do treinador e foi isso que eu fiz. Se tivesse de trocar dez, trocava e a resposta que eles deram foi muito boa porque perceberam que não estiveram bem no Estoril. Faltou só mesmo a vitória para assentar na perfeição o que a gente fez neste jogo.

Bola na Rede: O Académico fez apenas uma alteração em relação à anterior partida com a entrada para o ataque de João Vasco para a saída de Carter. O que é que o João Vasco trazia de especial para este jogo em relação ao Carter?

Sérgio Boris: Mais profundidade. Acreditámos que a linha defensiva do Leixões por aquilo que tínhamos observado, joga muito com os laterais em referências visuais, sai muito com os laterais consoante os jogadores que têm à sua frente. O João ataca mais em profundidade, um jogador que ainda não tinha jogado e, portanto, iria trazer mais disponibilidade por aquilo que é a sua característica. Foi claramente uma questão estratégica. Não foi por não estarmos satisfeitos com aquilo que o Carter nos tem dado. Foi uma questão estratégica perante a observação do adversário. Todos os jogadores contam, achamos que o João tem trabalhado bem. Percebendo o que o jogo pedia, percebemos que o João nos podia ajudar. Por aquilo que nos deu, em boa hora, optámos pelo João.

O conteúdo Académico de Viseu FC 1-1 Leixões SC: Tudo igual no fundo da tabela aparece primeiro em Bola na Rede.

Desporto ao Minuto é um portal de notícias de desporto, que organiza as últimas notícias e posts das redes sociais dos clubes em Portugal e, em breve, de todo o mundo!

Desporto ao Minuto 2019, Notícias de Desporto de Última Hora

To Top